Companhias aéreas SATA recebem certificado que atesta a qualidade do seu programa de compensação de emissões carbónicas


• Certificação Internacional Quality Assurance Standard reconhece qualidade do Programa de Compensação de emissões carbónicas do Grupo SATA.

• Mais de oito mil passageiros já contribuíram voluntariamente para o programa.

 

As companhias aéreas do Grupo SATA (Azores Airlines e SATA Air Açores) acabam de receber o certificado que atesta a qualidade do seu programa de compensação de emissões carbónicas. O certificado QAS (Quality Assurance Standard) garante que o programa de Compensação Voluntária de Carbono (SATA ICOP) está de acordo com as melhores práticas internacionais e conforme os requisitos em vigor.
Desta forma, fica certificado que os procedimentos adotados pelas companhias aéreas garantem que os donativos voluntários, oferecidos por mais de oito mil passageiros que viajaram nas companhias aéreas do grupo SATA, estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS).

O SATA ICOP (Carbon Offset Program) é um programa promovido pela IATA (International Air Transport Association) ao qual as companhias SATA se associaram e que tem contribuído para reduzir levar o impacto das emissões de carbono da aviação através da cooperação em projetos de desenvolvimento sustentável, em diferentes regiões do planeta.

Com esta iniciativa concretizada, o Grupo SATA dá mais um passo na concretização do desenvolvimento sustentável do negócio. Para além da renovação de frota da Azores Airlines, que merece destaque por ser aquele que permite um volume mais significativo de redução nas emissões de CO2 produzidas, o programa de compensação voluntária de emissões de carbono é uma iniciativa que também contribuiu para a consolidação dos objetivos de sustentabilidade ambiental que as empresas do grupo açoriano fazem por alcançar.

Recorde-se que as companhias aéreas do Grupo SATA foram também pioneiras em Portugal na certificação IEnvA, um programa desenvolvido pela IATA que potencia a alteração de procedimentos a implementar em todas as áreas das empresas e que garantam a adoção de práticas ambientais robustas e especificamente desenvolvidas para o sector com o objetivo de reduzir o impacto da indústria no meio ambiente. Foram também subscritoras iniciais da Cartilha de Sustentabilidade do Arquipélago dos Açores, que define um conjunto de metas anuais a atingir pelas empresas associadas, cujos objetivos estão igualmente alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

 

 ###


NOTAS PARA EDIÇÃO |

A QUALITY ASSURANCE STANDARD (QAS) é uma certificação atribuída após concretização de uma auditoria independente à qual se sujeitam as empresas que procuram alcançar a neutralidade carbónica através da redução das emissões para a atmosfera. Nesta auditoria são aferidos mais de 40 pontos distintos, por forma a garantir que os programas implementados pelas empresas garantem os mais altos padrões de qualidade internacionais definidos. Organizações como a IATA e a United Nations PRI confiam a qualidade dos seus programas à QAS

SOBRE O PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE COMPENSAÇÃO DE EMISSÕES DE CARBONO DA IATA O que é compensação de carbono? A compensação de carbono é simplesmente uma forma de indivíduos ou organizações, neste caso passageiros de companhias aéreas e clientes corporativos, “neutralizarem” as emissões de carbono da sua viagem, investindo em projetos de redução de carbono. Mais de 30 companhias aéreas membros da IATA introduziram um programa de compensação integrado nas suas plataformas de vendas e a SATA Azores Airlines fará agora parte deste conjunto. O programa da IATA permite a padronização do processo e possibilita que qualquer companhia aérea, seja qual for a sua dimensão, possam introduzir um programa de compensação confiável e que apoia projetos validados por entidade independente. As compensações são cuidadosamente contabilizadas através de metodologias internacionais aprovadas ICAO que se complementam com dados reais de carbono emitido pelas companhias aéreas, em cada viagem em concreto. IATA - Carbon Offset Program


OUTROS PROJETOS EM CURSO |

INTEGRAÇÃO DE EQUIPAMENTOS CADA VEZ MAIS EFICIENTES
A introdução de equipamentos Airbus A321 LR, Airbus A321 Neo e Airbus A320 Neo de última geração proporciona poupança de combustível, redução de ruído e redução de emissões de CO2 para a atmosfera. É um passo importante na modernização da Azores Airlines, que concorre para os objetivos de sustentabilidade do grupo.

INTEGRAÇÃO DO PROGRAMA IEnvA (IATA Environmental Assessment) NA GESTÃO DAS EMPRESAS DO GRUPO SATA
As companhias aéreas do Grupo SATA foram pioneiras em Portugal na certificação IEnvA, um programa desenvolvido pela IATA que potencia a alteração de procedimentos a implementar em todas as áreas das empresas e que garantam a adoção de práticas ambientais robustas e especificamente desenvolvidas para o sector com o objetivo de reduzir o impacto da indústria no meio ambiente.

ELETRONIC FLIGHT BAG É UMA REALIDADE EM AMBAS AS TRANSPORTADORAS DO GRUPO SATA
Na operação de ambas as companhias aéreas como substituto digital dos manuais, documentos e cartas de navegação a bordo, projeto com impacto combinado na redução de combustível e de consumíveis a bordo.

PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA AZEA PARA A AVIAÇÃO
A Aliança Zero Emissões na Aviação, é um programa com chancela da Comissão Europeia, do qual fazem parte companhias aéreas e outros agentes ligados ao sector do transporte aéreo na Europa, empenhados em congregar todos os esforços para alcançar a descarbonização da aviação nos próximos anos.

O PROGRAMA CELE (EU) E CORSIA (ICAO)
Que define metas a atingir e obriga ao reporte dos resultados alcançados tendo em vista a redução de emissões de CO2 para a atmosfera, em concordância com os objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela ONU.

A CARTILHA DE SUSTENTABILIDADE DO ARQUIPÉLAGO DOS AÇORES
Que define um conjunto de metas anuais a atingir pelas empresas associadas, cujos objetivos estão igualmente alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

SOBRE O GRUPO SATA
O Grupo de empresas SATA, decorrem da fundação, em 1941, da “Sociedade de Estudos Aéreos Açorianos. Conta com mais de oitenta de História. Tem na sua raiz identitária nos Açores e assume o compromisso de combater o isolamento do Arquipélago. Composto por duas transportadoras aéreas (SATA Air Açores e Azores Airlines) e uma entidade gestora dos aeródromos do Arquipélago dos Açores. As companhias aéreas do Grupo SATA abraçam a missão de construir pontes atlânticas entre os Açores e o Mundo. Atualmente, a SATA Azores Airlines opera uma rede de rotas regulares, (Regionais, Nacionais e Internacionais) e desempenha um papel relevante para o desenvolvimento da Região Autónoma dos Açores. https://www.azoresairlines.pt/pt-pt